PASTORAS: SIM OU NÃO. (Direto ao ponto.)

Não me envolverei no debate que ocorre há vários anos. Ou é contra, ou a favor. Eu gostaria de fazer uma análise que vem de mais longe.

Quando os batistas vieram para o Brasil, para evangelizar o país, certamente foi um trabalho árduo e difícil. (Quero ser suscinto.) Mas com o passar dos anos, o evangelismo e a conquista dos campos foi substituída por igrejas paradas, pastores que não tinham mais o primeiro amor (sem generalizar). E a obra que fora confiada aos batistas estava deixando de ser feita. Mas Deus queria salvar o Brasil! O que seria possível fazer para que a denominação mais evangelizadora cumprisse com a sua missão? E Deus mandou dois irmãos dos Estados Unidos, com umas idéias diferentes a respeito do Espírito Santo. E, em vez dos batistas seguirem o exemplo dos “bereanos” Atos 17:11, criaram problemas, até ao ponto de expulsá-los da igreja. Formando assim a Igreja Assembléia de Deus. Será que eles conseguiram chegar a mais lugares que os batistas? E se os batistas tivessem o bom senso, pelo menos o bom senso, não digo nem a direção do Espírito Santo, muitas coisas erradas que se ensina hoje, e se faz hoje, nestas igrejas, certamente poderiam ter sido evitadas. Imaginem estas duas multidões juntas proclamando o evangelho? Já ia me esquecendo  daquele grupo que foi banido da denominação batista, porque acharam que de fato faltava algo aos batistas. Nobres, estes pastores. Corajosos. Para ser assim, só com a plenitude do Espírito Santo.

Pois hoje, vejo que nada mudou. Ou mudou um pouco, para pior. Muita politicagem, busca da satisfação de desejos pessoais. Pastores arrogantes, orgulhosos, não pensando nos obreiros de salário pequeno, e que talvez façam  muito mais do que os outros. Isto eu presenciei.

Fui a duas Assembléias da CB Brasileira. Nunca mais tive vontade de ir. As caravanas se formam para fazer turismo, os debatedores buscam objetivos pessoais, ou deles mesmos ou de um grupo. Isto eu vi na Convenção em  São Paulo. Era um grupo que havia acertado entre si, que não deixariam passar o assunto JUERP. Pedindo palavras: pela ordem, conseguiram que o tempo do assunto se acabasse, conseguindo, assim, o seu intento. Será que eles sabem que existe a oração? E que a oração pode fazer mais que uma bomba atômica? Quando a carne domina, nem de Deus o pastor ou o crente se lembra.

O que fazer com os batistas? Deus quer salvar o Brasil! Os pastores fracassaram. Deus precisa de outro exército. Vejamos, quem sabe as mulheres! Deus tinha mais duas outras opções: uma jumenta (Números 22:28-31)como no caso de Balaão, ou pedras (Lucas 19:40) na entrada triunfal de Jesus em Jerusalém.

Deus preferiu as mulheres, porque não seria nada bonito um asno, substituir um pastor. O que podemos ter contra as mulheres? Elas podem ser enganadas mais facilmente. I Timóteo 2:14. E por isso o ensino do Novo Testamento deixa claro que as mulheres devem ser submissas aos seus maridos, para serem protegidas contra o engano.

Quem chama para o ministério é Deus. Quem convoca o soldado é Deus. E Deus é soberano. Como podem os pastores questionar um chamado divino? Será que o dele foi divino? E se pensarmos em problemas que as pastoras terão, elas não estarão sozinhas na igreja. Há o corpo diaconal, que são servos de Deus, cheios do Espírito Santo.

Creio que os pastores, já deram vexames suficientes durante os seus ministérios. Eu entendo que o homem é fraco, a mulher, também. O homem é humano, a mulher, também. O homem é pecador, a mulher também. Por isso , precisam os dois depender da graça e da misericórdia de Deus, para que a obra seja feita. Ou querem repetir o erro que cometeram com os dois americanos?

Eu creio na soberania divina, e tenho certeza que Ele chamará obreiros que busquem ser fiéis. Tanto faz, homem, mulher, asno, ou pedras.  Mas que ele chamará, isto tenho certeza. Abramos, pois os nossos corações, com mansidão e temperança, com bondade e fé, vamos dar as mãos. Se Deus chamou uma mulher: consagre. É sua obrigação. Não discuta com Deus. Não percamos mais tempo discutindo o que Deus faz. Porque nós não temos procuração para isso, nem autoridade para questionar as decisões de Deus. DEUS QUER SALVAR O BRASIL!

Acréscimo: Gostaria de acrescentar, a palavra de um sábio: Atos 5:34-39 Mas, levantando-se no conselho um certo fariseu, chamado Gamaliel, doutor da lei, venerado por todo o povo, mandou que por um pouco levassem para fora os apóstolos; E disse-lhes: Varões israelitas, acautelai-vos a respeito do que haveis de fazer a estes homens. Porque antes destes dias levantou-se Teudas, dizendo ser alguém; a este se ajuntou o número de uns quatrocentos homens; o qual foi morto, e todos os que lhe deram ouvidos foram dispersos e reduzidos a nada. Depois deste levantou-se Judas, o galileu, nos dias do alistamento, e levou muito povo após si; mas também este pereceu, e todos os que lhe deram ouvidos foram dispersos. E agora digo-vos: Dai de mão a estes homens, e deixai-os, porque, se este conselho ou esta obra é de homens, se desfará, mas se é de Deus, não podereis desfazê-la; para que não aconteça serdes também achados combatendo contra Deus.”

PrHWRosin (helwaro@ig.com.br)

3 Respostas to “PASTORAS: SIM OU NÃO. (Direto ao ponto.)”

  1. Marco Franca Says:

    Por que esse assunto de pastoras começaram a surgir agora nesses tempos atuais?
    Por que existem pastoras mais facilmentes em igrejas neo-pentecostais ou de teologia liberal ?
    Por que os defensores desse tema são os mesmos que um dia vão defender o direito de outro segmento como já aconteceu recentemente nas igrejas anglicanas e luteranas levando-as a divisões?
    As pessoas estão sempre querendo provocar. A Bíblia já não fala mais. Mas é o mundo que dita as regras e as igrejas e alguns pastores vão caindo direitinho na armadilha .

  2. Amarildo valim Says:

    O estudo profundo da biblia não enfase em pastoras é claro devido a tradição da época ser masculina porem podemos ressaltar que pastoras seriam bem vindas pois tem missionarias serviço pior até do que de pastor nas igrejas tradicionais da ala reformada ou pentecostal não e não conseguem tirar seus ministros sem graça a muito tempo ignorar a força do trabalho feminino é algo do seculo passado e digo:diaconisas custumar ser melhores do que diaconos se pudesse ja teria aplicado na minha igreja a anos atras.

  3. josy Says:

    Realmente pastor Helmunth, falta bom senso nos pastores e nos membros. As igrejas estão cheias de membros e poucos servos, as convenções estão cheias de técnicos administradores e poucos Homens de Deus.
    Deus tenha misericórdia deles e de nós.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: