PASTOR E FAMÍLIA(pastores)

Pr. Fausto Aguiar de Vasconcelos

(Em virtude das divisões, e a rapidez com que o pastor Fausto prega, ficou difícil anotar o que gostaria, mas passarei o que pude anotar, e faz sentido.)

1. A IMPORTÂNCIA DO PASTOR

Todo pastor deve orgulhar-se santamente de ser pastor. I Tm. 3:1; At. 6:2.

2. RELACIONAMENTO FAMÍLIA DO PASTOR E IGREJA

Fator Básico – tensão.

a)  Tensão – Não há como viver uma vida sem tensão. A diferença está na administração da tensão. “A tensão da vida está entre o ideal e o real.” Não é fácil a esposa vê-lo como pastor. Não é fácil o filho vê-lo como pastor. Temos que aceitar que nossa família não tem pastor.

b) Fator chave – Pastor.

3. ALGUNS VOCÁBULOS NECESSÁRIOS DENTRO DO RELACIONAMENTO PASTOR IGREJA

Normalidade – Não é anormal.

Agressividade – Com relação ao pastor. Quem recebe a descarga elétrica do pastor? A família do pastor não tem isolamento contra o raio. Ele precisa controlar a agressividade. A família receba o impacto total.

Simultaneidade – O pastor só pode controlar sua própria vida.

Solidariedade – A família deve “fechar” com o pastor. Preservará a sua intimidade, privacidade. Mateus 12:25. “Casa dividida não fica em pé”. Seus problemas internos sejam tratados internamente. O pastor e família não devem se queixar com a igreja.

Amizade – O cargo é solitário. Ouve outros, chora, ri com todos, mas está sempre sozinho. Parece que a amizade com alguém parece favorecimento. O pastor e família devem ter amigos na igreja, mas mantendo a imparcialidade. A família deve poder dizer: esta é nossa igreja.

Integração – Sem favoritismo para os familiares.

Redimensionamento – Quando o pastor se aposenta ou morre, a situação muda. Dentro da igreja a família precisa se redimensionar.

4. A RELAÇÃO ESPOSA – IGREJA.

Tratamento, pelo menos igual ás outras irmãs. Quem define o papel da mulher do pastor? Ela mesma! Não é a igreja, nem o pastor. Inclinação pessoal, gosto pessoal. Dons espirituais.

5. FILHOS E IGREJA

O filho vê a igreja de forma diferente que qualquer outra criança. A igreja é a casa do pai para o filho. Integre a família no ministério.

Billy, o bêbado que se converteu. Ele dizia: Levanto um pé, digo: aleluia. Levanto outro pé, digo: Louvai ao Senhor. No leito de morte: o que você vai fazer?  – Se não for crente, se for para o inferno, eu vou para o inferno louvando a Deus. O diabo vai dizer: Billy, aqui não é teu lugar, e vai me mandar (de volta) para cima.

Devemos ter o foco em Deus e não nos problemas. Apresentamos muitos problemas em vez de louvar a Deus.

Um professor do Pastor Fausto dizia: “Meus alunos: se a Bíblia diz, é melhor obedecer.”

Mateus 6:6 a maior bênção. “Mas tu, quando orares, entra no teu aposento, e, fechando a tua porta,  ora a teu Pai que está em oculto; e teu Pai, que vê secretamente, te recompensará.”

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: