O HOMEM QUE FALTAVA AO PÉ DA CRUZ(sermões)

Mateus 27:24 (11-26)

INTRODUÇÃO:

Durante a Segunda Guerra mundial, quando houve um ataque aéreo sobre a cidade de Lubeck, ela virou uma tocha. As maiores chamas saiam da mais bela catedral da Alemanha.

Naquela noite aconteceu algo especial. Um soldado que amava as coisas belas, apesar do fogo e do calor infiltrou-se com alguns amigos na catedral e tirou de lá de dentro um quadro, que fora pintado no século XV por Hans Merling. O Pr. Wilhelm Busch que conta o fato viu o quadro. Ele diz que pode entender aquele soldado, de tão impressionante que é o quadro. O pintor representou a crucificação de Jesus. “Enquanto procurava identificar as pessoas que se apertavam embaixo da cruz, algo chamou minha atenção. No meio da multidão, exatamente embaixo da cruz, há um lugar vazio. É como se o artista quisesse dizer: Aqui falta um homem”.

Sim, debaixo da cruz, faltava um homem. Quem será?

1. QUEM FALTAVA?

Era Pilatos. Ele não estava no seu lugar neste maior acontecimento da História. Por que Pilatos deveria participar deste evento?

A Bíblia nos informa que Pilatos ficou impressionado com Jesus. Ele conversou com Jesus. E por fim, ele intercedeu por Jesus: “Não acho culpa neste homem…” Lucas 23:22. Mas então… Então Pilatos caiu fora. Nosso texto mostra exatamente este momento.

Muitas pessoas são semelhantes a Pilatos. Se tem algo por Jesus; Se valorizam Jesus; Reconhecem que seus ensinos são bons; Ele é um grande exemplo – mas, na hora da cruz, o lugar fica vazio. Não vão até a cruz. E com isto perdem o melhor: vida eterna, reconciliação com Deus e uma renovação para toda a vida. Gálatas 6:14 “Mas longe esteja de mim gloriar-me, a não ser na cruz de nosso Senhor Jesus Cristo, pela qual o mundo está crucificado para mim e eu para o mundo”.

2. POR QUE PILATOS FALTAVA (FALTOU)?

Pilatos faltou debaixo da cruz por ser inquebrantável. Ali está ele diante da multidão, lavando as mãos e diz: “Sou inocente…” E certamente não era a primeira vez que ouvira falar de Jesus. E ainda assim não foi quebrantado. “A cruz de Jesus nada significa para mim!” Isto houve em Jerusalém, em todos os lugares que Jesus pregava, e aqui também há pessoas que estão assim diante da cruz.

Precisamos ir para a luz. Precisamos reconhecer a nossa tendência para o mal. Precisamos reconhecer nossa culpa e condenação diante de Deus.

Que estas palavras tenham sentido para nós hoje! Assim a cruz não ficará sem sentido, e quebrantados de joelhos chamaríamos ao Cordeiro de Deus “que tira o pecado do mundo”.  E não seríamos como Pilatos, que deixou um lugar vazio ao pé da cruz.

3. QUEM QUER OCUPAR O ESPAÇO?

Pr. Busch diz que o artista, ao pintar aquele quadro, dirige uma pergunta a cada pessoa: “Quem quer ocupar este lugar debaixo da cruz?” Pelo texto, Pilatos desiste do lugar. E o que faremos com ele? O que farás com ele?

Ao pé da cruz há perdão, vida, reconciliação, purificação. Jesus faz sentido. João 1:29 “Eis o Cordeiro de Deus, que tira o pecado do mundo.” De Pilatos, seu, meu.

CONCLUSÃO: Vá até Jesus. Sim, mas vá mais longe. Vá até a cruz. Só ali perceberás o sentido da vida de Jesus. Ele não é só um grande homem; Não é só um profeta; Não é só um mestre. Mas é Jesus crucificado, é o Filho de Deus crucificado, que quer e pode te reconciliar com Deus, perdoando os teus pecados e completando a reconciliação. 

Pr.HWRosin. Pregado em:  ../09/91 – IB Alberdi (Rosário – Argentina); 15/07/01 – PIB de Urucânia.  As idéias principais desta mensagem foram retiradas do livro: Von Bethlehem bis Rom – Predigten. De Wilhelm Busch. P. 26/9.    

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: