AS DUAS ORAÇÕES(para pensar)

Ontem à noite o meu filhinho me confessou

um erro seu, um pecadinho, e ajoelhado orou

triste desta sorte: “Permita, ó Pai,

que eu seja um homem sábio e forte como papai”.

Xxxx

Dormiu. Então, junto ao seu leito ajoelhei,

e vendo o mal dentre em meu peito, assim orei:

“Ó Deus, transforma-me em criança como esta aqui –

tão pura e cheia de confiança meu Deus em Ti”.

Der Jugendfreund, outubro de 1966, p. 11

Anúncios

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: