AS DUAS ORAÇÕES(para pensar)

Ontem à noite o meu filhinho me confessou

um erro seu, um pecadinho, e ajoelhado orou

triste desta sorte: “Permita, ó Pai,

que eu seja um homem sábio e forte como papai”.

Xxxx

Dormiu. Então, junto ao seu leito ajoelhei,

e vendo o mal dentre em meu peito, assim orei:

“Ó Deus, transforma-me em criança como esta aqui –

tão pura e cheia de confiança meu Deus em Ti”.

Der Jugendfreund, outubro de 1966, p. 11

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: